domingo, 11 de julho de 2010

Eu consigo


Nessas últimas semanas a minha vida mudou completamente. Iniciei no novo emprego, e estou adorando.
Estou de férias da faculdade e precisava realmente. O que nos leva a uma conclusão: Mais tempo para fazer o que não deve. E o que seria? Mia.


Passo a manhã inteira sozinha em casa e você podem imaginar o que isso significa. Estava lendo alguns artigos na net sobre a bulimia, e o que mais me chamou a atenção, entre os vários motivos que nos levam a miar, é o fato de sentirmos prazer em não sermos observadas enquanto comemos, como se isso nos fizesse não engordar, para depois podermos nos purgar a vontade.


Há muito já tinha chegado a conclusão de que isso não é vida. Antes quando comecei a miar, miava simplesmente aquilo que na minha cabeça, não estava estipulado na dieta, como um salgado oferecido por alguém por exemplo. Agora não. Estar sozinha, ou sem assunto, na falta do que fazer, ou com dinheiro no bolso, já vira motivo para uma mirabolante miada planejada.


Eu realmente ando com medo. Quero muito parar, ando sentindo umas dorzinhas, e lógico que se deve a isso. O cerco esta se fechando cada vez mais, e cada vez que eu vou miar, fico imaginando meus pais atrás da porta escutando. (tanto é que hoje já consigo miar sem ao menos fazer barulho, ou usar os dedos)

Tinha gastro marcado, mais não é que a bendita da médica resolveu ficar doente e operar? Agora sabe lá quando vai marcar novamente. Mais pensando bem, talvez isso seja um sinal, uma chance divina, de eu ainda poder tentar melhorar até lá, ser forte e buscar ficar bem até lá.


Sabe, no mais faço tudo certinho, tenho caminhado religiosamente de manhã, e a noite agora que estou de férias, não como porcariada etc. O que me sabota é o velho pensamento "já que comeu isso, agora termina de foder com tudo mesmo e depois mia" e é bem por aí.

O último post da Anna Yara me fez pensar muito. Acho que também nunca serei uma pessoa normal. Como ela mesmo disse, nunca vou saber ser convidada pra uma festa sem pensar antes nas comidas que vão haver lá, sem pensar num jeito de quem sabe poder miar, nunca também saberei ir a um restaurante com amigos, namorado, e sair de lá rindo comprando um sorvete de quebra e indo passear..
É estranho, porque ao meus olhos, imediatamente que como algo, parece que já dobro de tamanho, e que meu corpo já absorve todas aquelas calorias. Como que nos outros isso não parece acontecer?
Ah amiga, acontece que seu metabolismo já tá ferrado né, dãã. Então, estamos fadadas a viver eternamente assim?


Não sei, não sei de mais nada. Só sei que quero parar com a Mia, e para isso tenho que parar de me auto-sabotar. Parar de colocar calorias desnecessárias na boca, em momentos infortunos, descontar na comida qualquer que seja o motivo. Antes que seja tarde e irreverssível.


Força a todas!

17 comentários:

Ana Paula disse...

oi meu anjo, que bom que postou!! sabe, tb fico pensando nessas coisas, pensando em ate quando vai ser assim... eu tb apronto uma dessas de vez em quando, sair pra comprar coisas pra comer, e eu nao sei pq faço isso... sei que vou engordar e sei que nao vai resolver nada na minha vida, mas a vontade é as vezes tão grande. Como a vontade de miar, a gente sabe que é ruim, que faz mal, mas nenhum argumento parece ser suficiente pra gente evitar né. Eu sinceramente queria poder te dar alguma dica, mas nao existe um manual de 'como parar de vomitar'. A única coisa que eu sei é que todo dia é uma luta... Sabe, tb queria parar de me auto sabotar, parar com essas coisas que só atrapalham e fazem a gente se sentir um lixo. A gente precisa é de disciplina... Ai amiga, parabéns por vc caminhar todo dia, juro que queria ser igual hahahahahaha!!! Tua carta mando sem falta essa semana, viu, prometo! Beeeijos pra vc querida, te adoro!

Yara disse...

Sabe que li uma coisa um bocado esclarecedora hoje...
uma garota que fez um relato, ela disse como foi que começou a miar: teve uma tremenda decepção amorosa e encheu a cara, começou a passar mal fisicamente e psicológicamente ao mesmo tempo e, quando vomitou se sentiu melhor.
O que nós fazemos é exatamente isso, temos problemas emocionais e buscamos suporte em algo que nos faz mal (comer) só pra poder vomitar depois e sentir a sensação de alívio. Essa sensação de alívio, de que podemos fazer algo pelo nosso bem-estar naquele minuto, que nos faz vomitar.
Mas até que ponto vale a pena esse bem estar momentâneo, visto que mais pra frente te joga no fundo de um poço muito mais profundo do que aquele no qual estaríamos se simplesmente permanecêssemos sem comer??

eu tbm n sei de nada. Sei que estou incomodada com meu peso e estou fazendo algo p resolver isso.

beijão
FORÇA E CONTROLE

Atras da verdadeira identidade anaemia disse...

Sumidaaaa vc me abandonouuuuuuuuuu aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Bem, qt às miadas planejadas eu conheço bem esta (falta de) vidaa...é foda, é difícil, é viciante e degradantte e mesmo assim me sinto entregue e fudida (perdoe o palavrão) ..preciso de ajuda, de minha ajuda, de me auto sabotar e ser minha maior inimiga...eu preciso me controlar :-(

espero q consigamos isto, pelo menos..bjs no S2 e VÊ SE NAO SOMEEEEEEEEEE

Anna disse...

heyy thinspo!

poxa,eu acho que é bem por ai mesmo,eu sempre mio quando estou sozinha,meio que pelo prazer do escondido..pelo menos pra mim esse raciocionio é verdadeiro..até pq eu nao consigoo comer nada que me engorde na frente dos outros..sinto que todo mundo ia olhar e pensar " tá explicado o tamanho da pessoa!" e isso me mata,mas sempre q tenho oportunidade lá está ela,uma maldita compul me esperando...

bom thins,espero que vc consiga parar com a mia,ao menos se dar um tempo e recuperar o metabolismo..
seu emprego novo vai ser otimo e morro de inveja dessa sua disposição de duas caminhadas ao dia!
forçassss,se cuida !
te adoro :)
beijao

..nandinha.. disse...

olha eu miava tb, miava o salgado dado por alguém ou miava o jantar (planejado), só que com o tempo, começo uma dorzinha t vez que eu miava e depois td vez que eu ia comer, o alimento, agua o que fosse passava irritando a garganta, fikei com medo, marquei médico.
o suco gastrico do estomago tava voltando pela garganta e queimando tudo, por isso as dores que eu sentia, teve dia de so conseguir tomar leite de tanta dor!
fui parando aos poucos e hj mio em extrema necessidade msm sabe.
o pq da historia pra vc.
sei que vc fica sozinha d emanha, ams efita miar tanto assim pra vc nao ter o que eu tive. è muito ruim, sei que as vezes se torna incontrolavel a sensaçao e a vontade, mas tenta fazer algo, caminhar sair só pra nao fazer isso já que vc fica em casa só.
bjsss

Atras da verdadeira identidade anaemia disse...

Selinho p ti no meu blog bjs

Andie disse...

Eu tinha acabado de postar quando vi um comentário seu! Fiquei mesmo feliz. Andarei ocupada até o final de 2011, quando acabarão estágios e faculdade.

Sobre a bulimia: é muito boa a sensação do "proibido", de fazer "algo errado" e ninguém saber. Porém, a gente acabada caindo numa armadilha perigosa. Além de, claro, perder muito dinheiro.

Há mais de um ano não vomito (voluntariamente). Já experimentei a sensação de sair com amigos e namorado e depois tomar sorvete. É bem possível, sim. O difícil é lidar com os sentimentos depois. A bulimia é como um amante que está ali pra te satisfazer quando você quiser. Mas quando ela vai embora (ou quando a mandamos embora), fica um vazio enorme. Sentimentos estranhos, apatia...
Tudo se resume a superação. E sei que pela garota forte que és, conseguirá isso e mais.


Ah, Espanha campeã. Ficou feliz? Lembrei de você.
Fique com Deus.
=*****

(●• LIA •●) disse...

oieee amoriii te acheii de novo!
Como meu blog mudou de enderenço, pois a minha conta foi excluída... perdir todos os meus contatos e estava adicionando de novo. Hoje no post da Anna Yara , tinha vc. Que bomm fico feliz da vida!!

Olha depois eu vou para terminar de ler seu post, sempre gosto deles... comecei a ler... mas não terminei.

Atualiza a euzinha na sua lista de blog, o novo endereço é:

http://lialeveparasempre.blogspot.com/

Ficarei muitooo feliz!!! Beijos!

Bonequinha de Trapos disse...

Como te compreendo...
Quem me dera conseguir provocar o vómito sem fazer barulho, sem sequer por os dedos na garganta. Sei que é ainda mais doentio do que eu já sou mas a verdade é que o desejo muita vez.
Fê quando se quer realmente, consegue-se. Basta tentares, basta quereres. E sim, é possivel o metabolismo voltar ao normal. O meu volta rapido sempre que tenho luzes de consciencia e desisto por dias de me matar.
Força
Beijinho*

Barbie ♥ disse...

"cada vez que eu vou miar, fico imaginando meus pais atrás da porta escutando. (tanto é que hoje já consigo miar sem ao menos fazer barulho, ou usar os dedos)"

Eu sei disso, só que comigo já acontece há algum tempo, muito tempo e vc sabe. Dá medo. Vc ta indo pelo mesmo caminho, então olha só:

MELHORE ATÉ A SUA CONSULTA COM O GASTRO! MELHORE! SE ESFORCE! VOCÊ NÃO MERECE PASSAR POR ISSO, NEM EU, NEM NINGUÉM.

Vai viver a sua vida, ria muito e aproveite a sua juventude. Se cuida! ;)

Nem preciso falar o quanto te adoro ♥

Cristal* disse...

Oh linda, que pesadelo, sabes que eu também o vivi, o tédio que nos leva a mia. Tenta ser forte e lutar, nem que tenhas que seguir uma dieta.
Baci*

*Dora* disse...

Amiga eu sei bem como é isso. Tô numa crise feia de mia, tanto que me jogaram numa psicóloga, que me indicou uma psiquiatra, veja vc! Logo eu que me achava tão sensata, numa psiquiatra! tsc tsc

Mas a psico disse que a gente pode conseguir o corpo desejad se souber trabalhar a mente. O problema é que eu não consigo sozinha, então vamos ver se ela me ajuda, já que está send paga pra isso né... affe

Vc devia procurar uma psico tb, sei lá de repente dá certo.

beijo

LOVE

Anna Dark disse...

:o)

Ohhh, Feer!!

Meodeosquantafalta!

Adoro!

Ana Paula disse...

amoooor, atualiza aqui com mais frequencia né??? tem selinho pra vc no meu blog!! passa lá e pega... mas como vc tá atrasada (rs), ja tem um monte indicado nos posts passados, ahhh posta, queria tanto ler suas postagens! te amoo amiga!

Edivânia Alves de Jesus disse...

"já que comeu isso, agora termina de foder com tudo mesmo e depois mia" e é bem por aí.

Nossa me identifiquei tanto com essa frase... Foi justamente por pensar assim que engordei 7 monstruosos quilos!

Pq gostamos tanto de nos sabotar, né?!

Mas a vida continua e eu vou levando entre NF's e Lf's... agora preciso correr atrás do prejuízo.

Bjo

Adorei seu cantinho!

lola franol disse...

É esperança o que eu estou lendo nesse post? Porque me parece que você quer mudar, deixar a mia e pensar como uma pessoa normal, feliz.
Eu não sou psicóloga, mas acho que mesmo que muitas meninas digam que amam a mia/ana muitas na verdade sofrem tanto que chega um momento em que as consequências estão presentes e sua mente, corpo e coração cansam de lutar. Pra mim, bulímia e anorexia são o próprio inferno mas porque a gente não consegue parar? Sabemos que é errado, não é saudável, e o pior; nos limita de tudo que nos faz querer viver, e admitindo a nós mesmas ou não, comida é uma delas.
Espero que você faça o que quiser fazer, decida e pense muito bem antes de miar, ou se matar comendo porque uma hora ou outra a gente caí na real ou já era.
Beeijos.;*

Linnah; disse...

aqui estou, de novo :)
eu ja te disse tudo no dia que vc postou
mas só pra vc lembrar: QUALQUER coisa que vc quiser mudar na sua vida, voce muda :)
beijos

[voltei com meu blog]