segunda-feira, 29 de junho de 2009

Platô

- Levanta essas costas, vive encurvada
- ahh ..
- encurvada assim você fica mais magra ainda, aliás você está muito magra.
- ham????
- as veses eu acho que você tem obssessão por peso
- ...


Mais tarde:


- Nossa Nanda, você está tão magrinha ..
- Tõ nada essa calça me emagrece..
- Tá mesmo, lembra antes era uma borracha ( --'')
- Ahh ela trabalha demais né ..


Nesse dia fui a cada de minha vó, comi canjiquinha e depois consegui miar. A muito custo estou conseguindo faze-lo novamente.




Me desculpem pelo sumiço. Estive uma pilha semana passada, minha provas finalmente passaram e euestou de férias!




E comendo. Semana passa tive uma péssima semana, estava comendo e jogando fora demais! (péssimo hábito eu sei), preciso para com isso. Pelo menos não engordei (ainda).
Estou a 1 kilo da minha primeira meta e não faço absolutamente nada por isso. Platô total. Parece que a força de vontade foi-se embora e o conformismo tomou conta.





Só para dar noitícias. Depois faço um post mais digno e visito-as!

Beeijos e se cuidem


PS> ALGUÉM PELO AMOR DE DEUS PODE ME AJUDAR COM ESSE BLOG? AS POSTAGENS FICAM SEM ENTER E EU NÃO CONSIGO ARRUMAR!! PLEASEE

domingo, 14 de junho de 2009

Loser

A sensação de fracassada inutilidade e obtusa, está cada vez mais presente em mim.


Sabe quando você sente que por mais que tente, não consegue fazer as coisas certas, não parece se esforçar o bastante?


Finais de semana tem sido terríveis para mim. Apesar de não ter compulsões, pequenas beliscadas e refeições são desculpas para miar.
Esse fds minha mãe estava viajando e fiquei encarregada do fogão. Vocês podem imaginar. Sexta mantive o controle, porém a noite miei.
Ontem miei tudo o que comi e fui a uma festa de noite.


Lá na festa, bebi umas 3 canecas de cerveja, uma dose de vodka com Del Valle e comi 1 churrasquinho e meio de carneiro. Que ódio de mim! Até que não bebi muito, aliás não bebi nada, mais virei a vodka de uma vez a dose inteira, fiquei até estufada e isso foi o suficiente para ficar 'alegrinha'.
Dancei muitoo (talves tenha dado para queimar metade das cals), fiquei com 3 meninos. (HHAHAHA, geralmente não faço isso, vamos deixar em off ok?) e fiz as pazes com uma amiga que tinha me afastado. Chorei e tudo no meio da festa.
Tinha ido com a minha visinha, ela veio mais cedo e o últimno menino que eu fiquei do qual passei mais tempo, e já tinha ficado antes e conheço faz tempo, pois ele é dono de um bar aqui me trouxe em casa.


Ok, hoje acordei quase na hora do almoço, e fui fazer o almoço. Macarronada. Fiz, comi um pouco de macarrão na menteiga, pouco mesmo e um pouco da macarronada, mais uma colher de arroz e um como de suco com açúcar. Não Até que não era muita comida mais vocês sabe como é né.
Pensei: vou miar lógico e depoispasso o dia sem mais nada.


NÃO CONSEGUI! Tentei e fiquei lá tentando, estava sem ar, meio zonza e minha cabeça já começava a doer. E nada.
sabe aquela sensação de fracassada? de que você nem isso consegue fazer, afinal é uma coisa que ninguém pode fazer?
Aquela sensação de que você sabe que está acabando com você mesma, se matando aos poucos, e mesmo assim isso não tem efeito nenhum?
Estou péssima, muito mal mesmo! Morrendo de medo de ter engordado com aquela maldita bebida e essa comida.



Preciso realmente parar de miar antes que a coisa comece a apertar para o meu lado. Além de estar me fazendo mal, e se um dia eu ficar na mão igual hoje e por coisa ainda pior como um bolo por exemplo? Não posso usar disso uma desculpa para comer como venho fazendo ultimamente.

Essa semana estou me propondo a não miar e parar com alguns vícios e manias que são merecem ser mencionadas.
Tenho que ter mais controle.


Vou fazer um chá de sene bem forte com gengibre, para fazer melhorar minha garganta, é ótimo depois de miar, experimentem faze-lo (não necessáriamente com sene, pode variar, com maçã, erva-cidreira) deixa a garganta new!

Desculpe, mais precisava desabafar, preciso tanto de coloo! =(

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Cansada!

Essa semana estive totalmente descontrolada. Não somente no aldo de alimentação como também no lado emocional.




Não queria vim aqui e ficar reclamando em todos os posts sobre o meu trabalho e o alto nível de stress que eu estou sofrendo, mais é impossível fugir do assunto. Essa semana foi a pior de todas, muito, mais muito serviço (que aumentou), e muita coisa acumulada. O gerente do nosso setor em outras palavras disse praticamente para mim e para a outra moça que trabalha comigo, que ou a gente da conta e se vira, ou então tem quem queira.
Estamos sob um nível de tensão enorme, e pra completar ele praticamente obrigou a gente a trabalhar no sábado para dar conta do serviço, dizendo que vai compensar com folgas posteriormente (quando se o serviço está massante??), hoje por exemplo trabalhei..




Além de tudo, isso se reflete em descontrole e compulsões. Não que eu tenha me descontrolado, mais um pouco que eu saia da linha já é suficiente para me engordar (afinal meu metabolismo está totalmente desorientado né?!!).
Estava uma pilha, e qualquer coisa era motivo para que eu chorasse. Duas vezes na faculdade eu comecei a chorar dentro da sala, e as pessoas todas me falando que eu estou trabalhando e me cansando demais.





Ontem tive prova de Estatística, estava lá com a cabeça a mil de tanto fazer contas e mais contas, morrendo de medo de não dar certo aquelas contas todas, quando minha visão começa a ficar turva, minha mão formigar, não conseguia segurar a lapiseira, me subindo um calor, eu começo a suar, todos, no meio da prova olhando para mim perguntando o que eu tinha, a menina que senta atrás de mim começou a me abanar, levantar meu cabelo, quando me surge água não sei da onde. Só sinto me molharem a nuca e segurarem minha cabeça que estava pendendo para o lado, num quase ímpeto de desmaio.
O professor perguntou se eu queria ir no banheiro, tentei, mais não consegui levantar, então duas meninas me carregaram para fora, pois não conseguia parar nas pernas.
Lá fora, o coordenador do curso estava de passagem, veio todo solicito, me deu um Halls e disse que era para eu não me preocupar com a prova.
Depois que eu melhorei um pouco, os que tinha terminado a prova me ofereceram carona, mais liguei para o meu pai. Todos perguntado se eu havia comido, que eu estava mais branca que um papel, e pior que não estava a tanto tempo assim sem comer.






Depois uma amiga minha disse, que o coordenador, foi falar com o professor, perguntou se eu era boa aluna, ele disse que sim, mostrou a prova que eu deixei pela metade e disse que depois resolvia o que ia fazer com a minha nota. Espero que ele não dobre na prova de semana que vem, se não estou fudida.






Fora isso, tento me manter controlada e vou continuando, não nasci magra nem com a vida ganha.
Espero que todas estejam bem, (na medida do possível).




Beeijos

sexta-feira, 5 de junho de 2009

...

Sem muitas novidades e ânimo para escrever.
Emagreci 1 quilo, meu IMC está em 17 e algo. Mas não parece, desci da balança com a mesma indiferença de antes.
Hoje tive compulsão, e o medo a cada pedaço de comida na boca só vem aumentando.
Não tenho vontade de absolutamente nada. Sem amigos, namorado, festas.
Só trabalho, trabalho, faculdade e casa.

Abaixo uma foto da comideira de semana passada no niver da minha tia. Eu disse que era muita comida. Nesse dia miei muito. Desde a hora que acordei até a hora que fui dormir (ampliem a imagem)




Ali, patês de tomate seco, azeitona, cheedar e alho. Pão sírio, baguetes, e umas torradinhas coloridas (não sei do que eram). Mais embaixo, ovos de codorna num molhinho. Além disso tudo, havia charuto (arroz enrolado em floha de parreira), uma panela imensa de feijão amigo (com calabresa), um bolo salgado (de pão de forma recheado com frango), uma torda de banana caramelizada e um bolo de chocolate, com cobertura de raspas e flan.
Legal né?!

;*

TANGE queridíssima, no próximo post, coloco o selinho que me indicou! Thank's! ;)