sexta-feira, 27 de março de 2009

Apatia

Após uma semana estressante, sacrificante, enfim sexta-feira.
Não que morro de amores por finais-de-semanas (todas sabem bem o porque), mais descançar a mente um pouco é bom.

Ontem após chegar da faculdade, burramente comi a janta que minha mãe deixou para mim, depois de passar essa semana inteira sem botar nada que preste de comida na boca. Miei, fiz uma xícara de chá de sene ( a quanto tempo não tomava purgantes) e fui me deitar.
Hoje pela manhã, seu devido efeito teve resultado e agora no horário de almoço fui me pesar, 49,00 Kg.
Era para eu estar feliz não? afinal essa é a minha primeira meta e objetivo: entrar na casa dos 40 e pesar 49 (POR ENQUANTO), mais por que não estou? Apena essa apatia costumeira, nem aquela sensação de dever cumprido se abateu sobre mim.
É como se eu sempre tivesse sido assim ,eu corpo parece não mudar..

Mesmo assim me presentei com uma blusa de inverno Liiiinda, afinal todo o esforço da semana ( estudar depois de chegar da faculdade até as 2 hrs da manhã todos os dias, acordar as 6:30 e não voltar mais em casa até o fim da aula) teve um certo resultado.

Fora isso, nem uma outra novidade, exceto que estou ficando com um garoto.. mais isso depois comento, é um assunto 'meio' complexo.

Beeijos e força!

[ planos para o fds? *estudar *manter o controle *estudar ]

terça-feira, 17 de março de 2009

Indo, somente

Antes de mais nada, gostaria de pedir desculpas àquelas que comentam em meu mísero blog, por não comentar de volta nos seus, falta-me tempo..

Os dias vem e vão, e cada vez mais eu percebo o quanto estou só, apesar de estar sempre rodeada de pessoas que gostam de mim.
Família? a beira de um colapso. Não sei se a inocência da infância tampava os meus olhos, mais fato era que quando mais nova, tudo parecia perfeito, em harmonia, todos felizes e saudáveis. Talvez, a medida que vamos crescendo vamos percebendo certas coisas. E a idéia de que tudo pode não voltar a ser como era antes não é nem um pouco legal.
Amigos tenho muito poucos. Passo a semana inteira trabalhando feito uma camela, a noite vou a faculdade, lá tenho colegas, não amigos, daqueles que estão sempre juntos, que entendem o que você sente, que estão juntos pra todas as horas..A única amiga assim que eu tenho se mudou, e pra longe.. sabe aquela superamiga, a qual você pode contar a qualquer momento? Aquela que só de olhar, dependendo da circunstância, você sabe o que quer dizer? Pois bem, ela não mais está ao meu lado..
Meus finais de semana, têm se resumido em livros, estudos, trabalhos, filmes e umas voltas pela cidade na parte da manhã, fazendo umas pequenas compras aqui, pagando contas ali.
Segunda-feira passada minha mãe pela manhã antes de ir trabalhar (ela sai antes de mim), deixou por baixo da minha porta uma carta. Naquela semana, eu mal a vi, pois quando chego da faculdade está dormindo, e naquele final de semana em especial eu estava muito calada.
Quando li a carta, chorei logicamente, pois ela dizia na carta que não estava me entendendo, que eu não dava abertura para conversa, e que me amava muito, mais que a melhor solução não era se isolar e guardar os problemas sozinha,que quando jovem fez a mesma coisa, e que nem música ela ouvia mais no meu quarto (estranho, porque eu mesma não havia percebido que parara de escutar música).
Estava de fato triste, calada e queria ficar na minha, mais sabe quando você não sabe o porque? Não sei, ainda me sinto um pouco triste, não sei se isso tem a ver com ana e mia e tudo mais, mais parece que de uma hora para outra, certas coisas perderam a graça..
Talvez seja pelo fato de eu me sentir sozinha assim, sem amigos ( ou quem sabe eu mesma esteja me afastando das pessoas sem consciência) mais o fat que a realidade é essa. E, ao mesmo tempo que tenho essa vontade imensa de sair, fazer loucuras e passar o dia inteiro fora de casa nos fds, minha vontade é apenas de ficar dentro de casa.
Nem um computador novinho de última geração que minha mãe comprou levantou tanto meu ânimo assim. Vai entender.

Essa semana porém posso dizer que estou um pouco melhor, menos melancólica.. Fora isso, àquela luta de sempre continua.

Uma dica: Dieta da melancia funciona (pelo menos comigo, haha), Sábado, peso: - de 49,5kg me perguntem se eu estou feliz? Nãooooo! (ainda)


Beeijos, amo vcs! ;*